Os 6 Melhores Livros de Todos os Tempos Nossas Recomendações

0
5/5 - (1 vote)

Há muitas pessoas que gostam de ler livros. Infelizmente, nem todo mundo tem tempo para terminar um livro antes de passar para outro. Alguns leitores podem achar difícil restringir seus livros favoritos porque têm uma grande variedade de opiniões. Em um esforço para facilitar as coisas para todos vocês, compilamos uma lista dos 6 melhores livros já escritos!

Ao longo da minha vida, li muitos livros. No entanto, existem apenas alguns seletos que resistiram ao teste do tempo e deixaram uma impressão duradoura em mim. Não é fácil determinar quais livros são os melhores, então desenvolvi um conjunto de critérios para me ajudar a fazer essa determinação.

Em primeiro lugar, procuro livros que tenham uma escrita forte e convincente. Eu quero ser capaz de sentir as emoções dos personagens e ser transportado para a história. Em segundo lugar, procuro livros que me desafiem e me façam pensar. Quero ser inspirado e desafiado. Em terceiro lugar, quero que o livro seja bem pesquisado.

Quero aprender algo novo com o livro. Em quarto lugar, quero que o livro seja divertido. Eu quero ser capaz de me perder na história. Em quinto lugar, quero que o livro seja atemporal. Eu quero que ele seja capaz de se manter ao longo do tempo.

Os 6 Melhores Livros de Todos os Tempos

1-Cem anos de solidão
Em Cem Anos de Solidão, um dos maiores clássicos da história literária, o aclamado autor conta a incrível e triste história de Buendías – um grupo de solitários que não vai ganhar “terra” uma segunda chance no planeta” e apresenta o maravilhoso universo da humanidade. O fictício Macondo, onde o romance se passa.

Foi lá que acompanhamos as gerações da família e a ascensão e queda da aldeia. Além dos truques técnicos e das influências literárias que transbordam do livro, ainda vemos em suas páginas o que muitos acreditam ser uma autêntica enciclopédia da imaginação, num estilo que faz do colombiano um dos maiores escritores. século 20. Em nenhum outro livro, García Márquez trabalhou tanto para chegar ao tom que sua avó lhe contava os melhores episódios sem mudar um tom característico de seu rosto.
melhores livros de todos os tempos2-Orgulho e Preconceito
Orgulho e Preconceito é o livro mais famoso de Jane Austen, com uma série de personagens memoráveis ​​e episódios memoráveis. Austin nos apresenta Elizabeth Bennet como uma heroína irresistível e seu pretendente aristocrático, o Sr. Darcy. Neste livro, diferentes aspectos são discutidos: orgulho e preconceito, ancestralidade social e desprezo social, incompreensão e julgamento precoce levam ao sofrimento e ao escândalo de alguns personagens. Este livro é a obra-prima da autora, equilibrando comédia com seriedade, uma observação cuidadosa das atitudes humanas e sua sátira refinada. A nova coleção vem em capa dura e com estilo inspirado nos bullet journals.
3-Crime e Castigo
Crime e Castigo foi um daqueles romances universais concebidos no século XIX romântico, que abriram caminho para o realismo literário trágico moderno. Como outros escritores de sua época, os mais diversos aspectos da psique humana sofreram convulsões e distorções, e assim criaram uma obra de grande mérito artístico, merecidamente adorada em todo o mundo. “Crime e Castigo” – dor, desafio e simpatia ressurgem em cada página com um final relaxante – pode ser comparado ao drama catártico imortal grego.

4-O Senhor dos Anéis: A Sociedade do Anel 
Originalmente lançado em julho de 1954, o primeiro volume de O Senhor dos Anéis foi o primeiro grande épico de fantasia moderna, alcançando milhões de leitores e tornando-se referência para todas as outras obras do gênero até hoje. A incrível imaginação de J.R.R. Tolkien e seu profundo conhecimento da antiga mitologia européia permitiram que ele criasse um universo tão complexo e fascinante quanto o mundo real.

A Sociedade do Anel começou no Condado, uma área rural do oeste da Terra-média onde viviam pequenos e pacíficos hobbits. Bilbo Bolseiro, um daqueles raros aventureiros cujas aventuras são contadas em O Hobbit, decide deixar o Condado para deixar um legado considerável para seu jovem parente, Flo. muitos.
5-Moby Dick
Herman Melville (1819-1891) publicou Moby Dick ou A Baleia em 1851 e se tornou um dos livros de aventura mais emblemáticos da literatura mundial. A história da busca do capitão Ahab por vingança contra o horrível cachalote amputado, sem dúvida, entrou na cultura pop, entre outras criações, pinturas de Jackson Pollock e Frank Stella, adaptações de Orson Welles para rádio e teatro. O trabalho também é animador. Um filme de John Huston, ou mesmo o blues do Led Zeppelin. Mas uma leitura atenta da obra-prima de Melville revela as camadas mais profundas do texto que deram ao autor o título de maior prosador americano do século XIX.
6-Anna Kariênina
Leo Tolstoy escreveu no que Fiódor Dostoiévski definiu como “impecável”: “Toda a variedade, todo o encanto, toda a beleza da vida consiste em luz e sombra. de”. Originalmente publicado em fascículos entre 1875 e 1877 até finalmente se tornar um livro em 1877, Anna Karenina continuou a surpreender as pessoas.

Como pode uma obra de arte ser tão parecida com a vida? Tolstoi conduz o leitor com absoluta finesse por uma sala repleta de música, perfume, vestidos de renda, em um ambiente pictórico vívido e quase palpável ambientado na Rússia czarista. Nesta galeria de personagens excessivamente humanos, ninguém está totalmente imune ao julgamento: sem heróis, sem falhas, apenas pessoas complexas, ambíguas que não se limitam a fórmulas prontas. Religião, família, política e classe social são colocados à prova na trágica jornada de um aristocrata casado envolvido em um caso.